Arquivos do Blog

“O maior dos reis da Europa desejava ter o maior matemático da Europa”

Nascido em Turin em 1736; foi sem dúvida um dos maiores matemáticos do século XVIII.

A frase título deste post foi dita pelo Rei Frederico, o Grande, convidando Lagrange para ocupar o lugar de Euler em Berlim.

Lagrange, foi o grande responsável por uma grande tradição matemática na Escola Politécnica de Paris.

Com a morte de Lavoisier, na guilhotina, pelo regime de terror que se seguiu a Revolução Francesa; ele revoltado disse: “Bastou a turba um momento apenas para decepar-lhe a cabeça, um século não será suficiente para que suja outra igual.”

Com a idade, Lagrange tinha longos momentos de melancolia e solidão.

Aaos 56 anos de idade, a filha de um amigo , quase quarenta anos mais nova que ele, comoveu-se tanto com a infelicidade dele, que insistiu em casar-se com ele.

“De todos os prêmios que recebi, aquele que tenho de mais valioso é minha meiga e dedicada esposa.”

A obra monumental de sua vida, foi sem dúvida, Mécanique Analytique publicada em 1788.

Essa obra contém as equações gerais de movimento de um sistema dinâmico, conhecidas hoje como equações de Lagrange.